PORTALE DI MARIOLOGIA | PORTOGHESE | Um Caminho sob o olhar de Maria
PORTALE DI MARIOLOGIA  
  Login o Registrazione
 
 Menu
· Home
· Account o Registrazione
· Argomenti generali
· Articoli: archivio
· Articoli: invia nuovo
· Articoli: piu' letti
· Articoli: ultimi inseriti
· Banners del sito
· Biblioteca mariana
· Calendario mariano
· Documenti Magistero
· Enciclopedie
· Forums
· Fotoalbum
· Help del sito
· Invia Cartolina virtuale
· La Chat di Mariologia
· Le vostre domande
· Mappa del sito
· Motore di ricerca
· Mp3 Player
· Raccolta video
· Sondaggio
· Statistiche
· Suggerimenti
· Sussidi Pastorali
· Testimonianze
· Web Links
· Webcams
 Enciclopedie










 Inserti Speciali





























 Nuovi in Biblioteca
  Il Natale di Maria. Nove meditazioni con i colori di Giotto
  Medjugorje. Segreti e messaggi
  A Maria. La Sicilia devota
  Uomini e Maria
  Le Madonne di Raffaello
  L' Annunciazione nell'arte d'Oriente e d'Occidente
  Newman Opere. Maria
  Maria. La sua vita tra storia e incanto
  Parola di donna. La figura di Maria in don Tonino Bello
  L'ultima notte di Maria di Nazaret
  L' Immacolata nella vita di don Dolindo Ruotolo, padre Pio e don Giuseppe Tomaselli, figlio spirituale di don Bosco
  Identikit dell'Immacolata. Alla scoperta del capolavoro della creazione
  La mia vita è un miracolo. L'ultima guarigione di Lourdes
  Fatima. Un percorso di grazia e di salvezza alle "periferie" della storia
  La Madre del Signore. La vita di Maria nei Vangeli e nella tradizione
 Pensieri
Nuova pagina 1


 

 Ultimi 15 articoli
Ultimi 15 Articoli

Sub tuum praesidium


I tempi che viviamo sono i tempi di Maria


Presunte apparizioni sul Monte Sant'Onofrio in Agnone (IS)


Papa Francesco e il ruolo corredentore di Maria, la “Donna della salvezza”


La Madonna del parto di Piero della Francesca


La Benedetta in Cristo, nemica acerrima dell'antico Avversario


L'itinerario mistico della vita mariana


La maternità spirituale e l'intercessione di Maria


Maria nell'itinerario educativo del cristiano


Il viaggio di Maria


Maria ispira l'identità apostolica dell'operatore pastorale


Maria e la madre nell'opera di David M. Turoldo


Maria “povera”. Prospettive di mariologia sociale


Maria nei Sermoni di Sant'Antonio di Padova


Maria nel commento al ''Cantico dei Cantici'' di Ruperto di Deuz


 Immagini
 Sondaggio
COSA TI INTERESSA DI PIU' IN MARIOLOGIA?

S. Scrittura
Magistero della Chiesa
Apparizioni
Mariologia ecumenica
Liturgia
Dogmi mariani
Spiritualità mariana
Pietà popolare
Mariologia sociale
Padri della Chiesa
Cultura e Arte



Risultati
Sondaggi

Voti 468
 Contatore visite

Dal 1999
free counter

 F.A.Q.

 Utenti
Benvenuto, Anonimo
Nickname
Password
(Registrazione)
Iscrizione:
ultimo: pertinac
Nuovo di oggi: 0
Nuovo di ieri: 0
Totale iscritti: 357

Persone Online:
Visitatori: 61
Iscritti: 0
Totale: 61
 Orario

 Imposta come Home
 Contatta il Webmaster
 Mappa del Sito
 Invia Cartolina

Vuoi inviare una nostra cartolina ad un amico?
 La Chat
Nome Stanzaonline
Privata IL MARIOLOGO0
Privata LA THEOTOKOS0

[ SPChat ]
Um Caminho sob o olhar de Maria

Carmelo de Coimbra
Um caminho sob o olhar de Maria
Biografia da Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado,
O. C. D. Marco de Canaveses: Edições Carmelo, 2013

1 - O título da obra, agora publicada, sobre a Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, O. C. D., é inspirado no do seu mais longo escrito autobiográfico, guardado no arqui vo do Carmelo de Santa Teresa de Coimbra: O meu caminho .
2 - Apesar da preocupação constante que a Irmã Lúcia teve de viver escondida dos olhares do mundo, a sua grande longevidade de quase cem anos, oitenta dos quais, como religiosa, tornou - a muito conh ecida, entre os personagens mais notáveis que viveram no seu tempo, principalmente pelos acontecimentos em que foi interveniente, desde a sua infância até ao últim o dia, a 13 de Fevereiro de 2005 .
3 - No prefácio desta biografia, D. Virgílio Antunes, Bi spo de Coimbra, assinala precisamente a importância desta religiosa para Portugal, para a Igreja e até para o mundo, e sublinha que “as referências ao Santo Padre e aos seus sofrimentos, já nas aparições, bem como a revelação da terceira parte do chamado S egredo de Fátima, e os acontecimentos dramáticos vividos pela Igreja no final do segundo e início do terceiro milénio, não nos permitem ignorar a Irmã Lúcia”. Além das “Memórias” e dos “Apelos da Mensagem de Fátima”, esta biografia “fornece - nos uma perspec tiva mais abrangente da personalidade da Irmã Lúcia”. D. Virgílio espera que “ajude todos os seus leitores a colher os distintivos essenciais da vida da Irmã Lúcia: o amor de Deus, a devoção filial a Nossa Senhora, a fidelidade incondicional à Igreja e o e mpenho pela salvação da humanidade perdida”. “Afinal, a mensagem de Fátima, segundo a sua interpretação, a sua vivência e o seu testemunho, actualiza o convite à conversão, leva ao anúncio da Boa Nova da salvação de Jesus Cristo e impele todo o cristão a r ealizar o seu caminho sob o olhar de Maria”.
4 - A autoria da obra, hoje lançada, é da responsabilidade das Irmãs do Carmelo de Coimbra, que conviveram com ela, nas últimas dezenas de anos. Na breve introdução, as autoras afirmam: “vamos acompanhá - la, no seu longo caminho, onde os espinhos não faltaram, mas por onde correu em abundância, como água cristalina de uma nascente, sempre em direcção ao mar, o amor que lhe deu força na sua passagem pelo mundo, que para ela foi apenas o caminho para Deus ”.
5 - A primeira parte, em seis capítulos, desde 1907 a 1925, assenta essencialmente no que a Irmã Lúcia escreveu, sobre a sua infância (1907 - 1915), na 5ª e 6ª Memória; sobre as aparições do Anjo e de Nossa Senhora (1915 - 1917), na 1ª até à 4ª Memória; e sobre o período que vai das aparições à sua despedida de Fátima (1917 - 1921) e aos tempos de educanda, no Instituto Van - Zeller ou Asilo de Vilar do Porto (1921 - 1925), nas mesmas fontes referidas, em O meu caminho e em muitas narrativas orais, recolhidas pelas Irmãs .
6 - A segunda parte, constituída pelos capítulos 7 a 17, subdivide - se em dois períodos: a Irmã Maria das Dores, religiosa da Congregação de Santa Doroteia (1925 - 1948) e a mesma Irmã, religiosa da Ordem das Carmelitas Descalças (1948 - 2005), com os nomes de Maria do Coração Imaculado, ao tomar o hábito, e Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, desde a Profissão dos votos perpétuos. Esta segunda parte ocupa metade da obra. As fontes para documentar esta parte são numerosíssimas: os documentos oficiai s, os seus próprios escritos autobiográficos, principalmente O meu caminho , os interrogatórios oficiais e particulares, as narrativas orais coligidas pelas Irmãs, muitíssimas cartas alguns poemas, e uma vasta bibliografia.
7 - Na terceira parte, as auto ras descrevem os encontros da Irmã Lúcia com o “Bispo vestido de branco”, nas pessoas de Paulo VI, Cardeal Albino Luciano (João Paulo I), de João Paulo II e do Cardeal Joseph Ratzinger (Bento XVI) (capítulo 18); e os seus últimos anos de vida, o faleciment o e a trasladação dos seus restos mortais para Fátima (1999 - 2006) (capítulo 19).
8 - Além dos Papas referidos e todos os outros que viveram no seu tempo (Pio X, Bento XV, Pio XI, Pio XII e João XXIII), a Irmã Lúcia relacionou - se com muitos bispos, sendo d e destacar os de Leiria, de Tuy, de Valladolid, do Porto, de Coimbra, de Lisboa e outros, e muitos sacerdotes, religiosos e religiosas, e o povo de Deus, em todo o mundo, que acolheram a “Mensagem de Fátima”, recebida do Anjo e da Virgem Maria, por ela e p elos seus primos, Francisco e Jacinta Marto: a história e a mensagem de 1915 a 1917 e nos anos posteriores; o segredo, nas suas três partes; as devoções decorrentes da mesma mensagem, especialmente a devoção do rosário e a dos primeiros sábados de cinco me ses seguidos, a consagração ao Imaculado Coração. Além do fundamental, agora referido, o leitor desta obra encontrará muitos aspectos inesperados, como o bom humor e alguma ironia, manifestados em tantas circunstâncias.
9 - Na conclusão, as autoras come çam por dizer: “Foi com carinho de Irmãs que percorremos, ao lado da Irmã Lúcia, o longo caminho da sua vida, iluminada pelo profundo Amor a Nossa Senhora. Esse Amor, sempre lhe encheu e a prendeu irresistivelmente ao Coração de Deus”. Terminam com uma cit ação da própria Irmã Lúcia, escrita a 27 de Maio de 1972, a propósito de uma frase de uma prática de D. Alberto Cosme do Amaral à comunidade de Coimbra (“ Que a tua vida não seja estéril – Deixa após de ti um rasto de luz e de fé ”): “ Quero que a minha vida seja um rasto de luz que brilha no caminho dos meus Irmãos, indicando - lhes a fé, a esperança e a caridade” ( O meu caminho , III, p. 183) (p. 479), citação que pode ficar como síntese desta maravilhosa obra.
10 - Junta - se um elenco de fontes e de bibliogra fia, com particular atenção para os numerosos escritos da Irmã Lúcia, impressos ou ainda inéditos. Não podemos deixar de fazer referência elogiosa às cerca de 250 fotografias, muitas das quais inéditas, dispersas por todo o livro, duas das quais reproduzem , em fac - simile, escritos originais da própria Irmã Lúcia (“A sós com Jesus Sacramentado”, O meu caminho , I, 139 (p. 251); “Obediência e Bênção do Céu”, sobre o dramatismo vivido na escrita da terceira parte do segredo de Fátima, O meu caminho , I, 159 - 160 (p. 269).




TITOLO: Um Caminho sob o olhar de Maria
CATEGORIA: PORTOGHESE
RECENSORE: Luciano Cristino
AGGIUNTO: 08/09/2015
LETTURE: 1130
PUNTEGGIO:Eccezionale
OPZIONI: INVIA AD UN AMICO  STAMPA QUESTA RECENSIONE
  

[ RITORNA ALL'INDICE GENERALE DELLA BIBLIOTECA MARIANA | RITORNA A PORTOGHESE ]

IDEATO E REALIZZATO DA ANTONINO GRASSO
DOTTORE IN S. TEOLOGIA CON SPECIALIZZAZIONE IN MARIOLOGIA
DOCENTE ALL'ISSR "SAN LUCA" DI CATANIA

PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.
Generazione pagina: 0.18 Secondi

Phpib2 style by www.nukemods.com